Páginas

terça-feira, 12 de junho de 2012

Dia dos namorados...

Namorar tem muitos significados: cativar, seduzir, afeiçoar-se, galantear, etc. No âmbito das relações interpessoais o namoro é uma relação de desejo e encantamento. Em alguns momentos de nossas vidas, somos tocados pela existência de outras pessoas que mexem com nossos sentimentos. Por vezes, o processo é lento, vai brotando aos poucos, ao tempo em que vamos conhecendo melhor quem é motivo de nossa atenção. Outras, somos arrebatados por um querer avassalador que nos invade sem pedir licença. Amores serenos, tecidos passo a passo, acontecem. Mas são pouco frequentes. Geralmente, quando o sinal vermelho do amor se acende nos corações instala-se uma compulsão atormentadora que quer o ser amado a todo custo. No mundo do imediatismo em que vivemos, a fugacidade se instalou nas relações afetivas. O verbo namorar foi substituído, em muitos casos, pelo ficar. Não há sentimentos em jogo. É a relação do aqui e agora. É tesão momentâneo, sexo. Só tem presente. Futuro, nem pensar. E o amor à primeira vista, existe? Há quem acredite que sim. Talvez, mas sem garantias de que seja amor de verdade. Não raro é simpatia, atração que confundimos com amor. Este, precisa ser construído. Precisa de tempo. E a paixão? Essa não traz os benefícios do amor de verdade. Porque paixão arde, incomoda. Já o amor como deve ser, na dose suficiente para ser amor, dá prazer, torna-nos felizes. Como tudo na vida, para fazer bem é preciso que seja na medida certa. Até remédio, na dose errada, pode causa dano ou virar veneno. O amor só vale a pena se for compartilhado. Amor não se pede. Amor se dá e recebe. Se assim não for, pode ser tudo, menos amor. Aquele que se humilha para conquistar o amor de outra pessoa, jamais o terá. Quando muito, compaixão. Ninguém convence ninguém que merece ser amado. O amor nasce e morre por quase tudo e por quase nada. Quem não viveu um grande amor, pode até ter passado pela vida, mas não a teve em plenitude. Bem-aventurado aqueles que ao encontrarem o amor de suas vidas tiveram a sorte de conviver com ele adiante. E que o tempo, esse destruidor de quase tudo, não tenha tido o poder de fazer com que esse sentimento perdesse a cor como uma foto antiga pálida, mas que seja como um vinho envelhecido corretamente, que refina suas qualidades. 
Neste Dia dos Namorados, brindemos o amor verdadeiro. O único que constrói para a eternidade.


Um brinde para a nossa união...

More, quero dizer que meu maior presente é você. 
Quanto mais penso em nossas vidas, mais convicta estou de que a escolha que fizemos em ficarmos juntos, reflete em nossa felicidade. Pois ser feliz é meu sonho e você é a minha realidade. Me faz mais do que feliz, me faz sentir amada. Que o nosso relacionamento seja assim e melhor. 
Seremos eternos namorados!!!

Teamodoro muito!!!


Um comentário:

Guilherme Saito disse...

Obrigado amorzao! gostei! Eu te amo viu! e estou muito feliz por estar com você sempre!!

Beijos do seu amorzao lindão.
Conselheiro amoroso

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...